17 Tatuagens De Traços Finos Pela Artista Rosa Selva

By Rafaela Marchetti - 
17 Tatuagens De Traços Finos Pela Artista Rosa Selva

Quem se amarra em um tracinho vai se apaixonar!

Rosa Selva tem 33 anos, é de São Paulo e começou a tatuar há pouco mais de um ano! 

Ela é artista plástica, então sempre foi ligada a desenho e pintura, "E apesar de achar a prática da tatuagem interessante, nunca havia me visualizado rabiscando peles ou manuseando agulhas," conta. 

"O universo da tatuagem, com todas as suas dimensões e possibilidades artísticas, me era um pouco distante até conhecer de perto o trabalho do Rodrigo Tas, meu mestre nesse caminho."

Rosa conheceu Rodrigo Tas enquanto fazia uma exposição de seus trabalhos. O artista foi elogiar os trabalhos dela e acabou comprando um deles. "Desses encontros que parecem simples e banais, mas cheios de boas surpresas, nasceu uma amizade."

A artista conta que foi através do trabalho de Tas que ela percebeu ser possível fazer da pele uma superfície para criação artística, "O que me despertou a vontade de explorar este universo e levar para a pele um pouco do que desenvolvia nos papéis, na tela e na madeira."

O tatuador não apenas se colocou à disposição de Rosa para ensiná-la a parte prática da tattoo, "Como me deu um grande incentivo moral, acreditou no meu potencial, deu apoio nas ideias e de presente passou todos os atalhos dos caminhos já percorridos por ele."

Já em sua terceira "aula", Rosa recebeu em mãos uma das melhores máquinas do artista e todo o material básico para começar: "Procurei colocar em prática o aprendizado, fui rabiscando amigos que cederam um pedacinho de suas peles e já de início pude sentir a satisfação em sintonizar minhas aspirações artísticas com os desejos das pessoas."

"A forma como aconteceu, o mentor que tive, o apoio e dedicação que recebi foram determinantes para desenvolver a paixão por esta arte e fazer dela minha profissão hoje."

A artista afirma que, como aprendiz, segue um pouco de seu mestre na técnica, "Nesse sentido, o pontilhismo, os ruídos, as hachuras e o traço fino formam o corpo do meu trabalho."

Quanto à temática, ela conta que busca imprimir beleza e poesia de forma orgânica em seus desenhos, desde os trabalhos mais simples até as figuras mais complexas.

É claro que, como qualquer um, ela tem seu gosto pessoal: "Gosto muito de botânica, dos elementos da natureza, e como cresci literalmente no mato, tenho uma relação bastante afetiva com plantas e animais silvestres." Além disso, ela também se inspira na arte clássica, desenhos renascentistas e no art nouveau, "Busco trazer elementos dessas fontes para um universo mais contemporâneo e feminino, ressignificando-os."

No momento, ela está com um projeto autoral que desenvolve em outros trabalhos plásticos, fora da tatuagem, "E que está ligado diretamente à minha formação pessoal, com o que estudei em meu mestrado e com o que pesquiso atualmente."

Nesse projeto, ela cria composições com figuras femininas envolvidas em posturas de empoderamento, ou referências ao feminismo junto à botânica! 

Além disso, ela adora brincar com a estética da botânica em metáforas, "Por exemplo, orquídeas que podem ser flores-vaginas," e também transformar imagens convencionais em objetos estéticos com novas interpretações e mensagens plásticas subliminares.

"A figura da vagina sempre ocupou um papel passivo de submissão e tabu, isto é, quando permitida de forma explícita, aparece geralmente numa vitrine midiática a serviço do machismo. Daí que ilustrar ou tatuar essa composição subversiva dos objetos, não de forma fria e direta, mas de forma artística e poética, é um meio de reiterar ou tomar a autonomia da figura, no sentido de afirmar o lema 'meu corpo minhas regras."

"Por isso, quando marcamos esse tipo de arte em um corpo feminino, transformamos a imagem que era tida como objeto carregado de tabu em uma expressão poética de afirmação e empoderamento." Rosa diz, ainda, que como a criação artística é livre, torna possível remexer o sentido, desconstruir, misturar elementos e criar beleza estética ao mesmo tempo. 

A artista também curte acompanhar o trabalho de outras tatuadoras e tatuadores: "Uma coisa bacana e desafiadora no universo da tatuagem, é que ele é incrivelmente dinâmico, está sempre se reinventando e apresentando novidades. Isso faz com que a gente esteja sempre buscando e trocando informações, crescendo e se renovando, nos incentiva na tarefa de se superar a cada dia em nossa prática."

Atualmente, a artista atende em seu próprio estúdio, o Notre Tattoo, e a melhor maneira de falar com ela é por e-mail (contato no final do texto). 

E-mail para contato: rosaselvart@gmail.com. Acompanhe o trabalho dela pelas redes sociais: Instagram e Facebook. Aproveite para baixar o Tattoodo App! Nele você pode ver todas as nossas matérias sem nenhuma publicidade, tudo lindo e fácil de usar! Além de poder compartilhar as suas tatuagens com todo o mundo! Baixe agora mesmo: iPhone | Android

androidapplearrow-right arrow-rounded arrowavatar-followavatar-hollowavatar-unfollowavatar burger-searchcaretcheckmark closecomment-filled cross-fashioncrossdone exitfacebook hearticoninstagram like-filled Likelistlocation-hollow location mediumnext pin-filled play previous review-star Path 2save-plusSavescroll-downsearch shareshareEmail shareFacebook sharePinterest shareTwitter Combined ShapeCreated with Sketch. star studio-simpleGo to studio icontag-button user-lockverified website youtubezoom-in zoom-out