17 Tatuagens Apaixonantes De Gueixas

17 Tatuagens Apaixonantes De Gueixas

Toda a feminilidade e encanto dessas damas nipônicas.

Quando você pensa em delicadeza, sutileza e feminilidade, que imagem vem a sua cabeça? Na minha vem a de uma gueixa

Hoje a gente vai falar um pouquinho sobre essas musas que, assim como carpas e dragões, é uma das figuras mais reproduzida em forma de tatuagem. 

Gueixas não são apenas um tesouro da cultura japonesa, mas também um trabalho muito sério. Ao contrário do que se imagina, não há ligação nenhuma com prostituição, mas sim, uma conexão profunda com a arte, música e dança, e sua clientela envolve homens de poder.

Fukugawa foi a primeira gueixa a ganhar fama por volta de 1750, e era ex-prostituta. Graças a seu exemplo, outras mulheres abandonaram a prostituição para se dedicar as artes como gueixas e se apresentavam nos mesmos locais onde homens gueixa trabalhavam.

Em torno de 1800, ser uma gueixa passou a ser uma posição de honra e glamour. Era normal crianças de 3 a 5 anos começarem a ser treinadas para tal, mas na década de 1950 essa prática passou a ser proibida por ser considerada trabalho infantil.

Ser discreta e se manter no anonimato é uma das regras principais das gueixas, já que o mistério aumentava o fascínio dos homens. Elas acabavam usando nomes artísticos e nunca podiam revelar suas identidades reais para seus clientes. Mineko Iwasaki violou essa regra ao revelar informações sobre o estilo de vida das gueixas para Arthur Golden, escritor de Memórias de uma Gueixa. Golden se comprometeu a não revelar seu nome e fez o oposto, o que rendeu até ameaças de morte a Mineko.

"Ahh é tão lindo ser gueixa.. Olha só o penteado! Olha a make que divina!". Então, meu amor, não é essa maravilha toda não, tá? As coitadas eram treinadas pra dormir com um tal de takamakura encaixado debaixo do pescoço só pra manter o penteado intacto. A forma de prender puxava tanto o cabelo que elas começavam a ter problemas com calvície, o que obrigava as mais velhas a usar peruca. E aquela maquiagem branca? Antigamente era a base de chumbo, depois que foi substituída por um produto sem aditivo tóxico.

Você acha que o mozão demora pra se arrumar? Uma gueixa precisa de pelo menos duas horas pra se montar.

Por volta de 1920, o número de gueixas atingia cerca de 80 mil. 50 anos depois, essa margem caiu pra 17 mil e atualmente, a estimativa é de que apenas cerca de mil gueixas mantém a tradição viva em TODO o Japão. As que ainda resistem na profissão a escolheram por sua natureza artística ou por questões de tradição familiar.

Em Kyoto há um lugar chamado Gokagai, o distrito das gueixas, também chamado de Hanamachi (Cidade das Flores). Os cinco bairros de Gokagai possuem diversas casas de gueixas, as Okiya, e casas de chá, as Ochayas. Se você tá de viagem marcada pro Japão, taí uma boa dica pra turistar. Inclusive, algumas casas oferecem aos visitantes a experiência de se transformarem em gueixa por um dia.

Curtiu conhecer um pouco mais sobre essa expressão artística tão maravilhosa e tradicional? Não deixa de postar sua tatuagem de gueixa lá no nosso aplicativo usando #GueixaTattoo na legenda. Aproveite para baixar o Tattoodo App! Nele você pode ver todas as nossas matérias sem nenhuma publicidade, tudo lindo e fácil de usar! Além de poder compartilhar as suas tatuagens com todo o mundo! Baixe agora mesmo: iPhone | Android

androidapplearrow-rounded arrowArrowsavatar-hollowavatar caretiPad Portraitcheckmark circle close-round closecomment-filled comment cross-fashioncrosscustomicondiscoverdone exiteyefilter globe hamburgerhearticon-loading iconlike-filled Likelocation mail nextphone pin-filled pin review-star review-studio Savescroll-downsearch ShareCombined ShapeCreated with Sketch. star Go to studio iconuserverifiedwebsite